Observatório Constante

conversas / debates / entrevistas / música / espetáculos / filmes / performances

Máquina de Dançar

Em uma espécie de museu imaginário, misto de atração e horror, de homenagem e profanação: de repente, o corpo. Onde, a dança? Entre dança e pensamento, gesto e palavra, corpo e escrita, um dispositivo de dança que se sustenta sem a necessidade de uma escrita coreográfica nos moldes como convencionalmente a entendemos. É dança, mas não é. Não é dança, mas também não deixa de ser.

Este trabalho foi contemplado pelo Programa de Fomento à Cultura Carioca, da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro e tem apoio do Projeto_ENTRE.

Concepção: Maria Alice Poppe & Thereza Rocha | Dança: Maria Alice Poppe | Dramaturgia: Thereza Rocha | Direção de Arte: Carolina Poppe | Paisagem Sonora: Tato Taborda | Luz: Tomás Ribas | Programação Visual: Raul Taborda | Assessoria de Imprensa: Christovam de Chevalier | Fotografia: Leo Aversa | Cenotécnico: Andre Salles | Direção de Produção: Aline Carrocino | Produção Executiva: Aline Mohamad | Administração Financeira: Angela Blazo | Produção geral: Alce Produções | Realização: Cinearte

*Horário das sessões: 13h, 14h, 15h, 16h, 17h e 18h
Sessões de 40 minutos, somente 10 espectadores por sessão.

Classificação etária 12 anos.
Entrada Franca