LUSH

LUSH

De 13 de setembro a 07 de outubro de 2018

De quinta a segunda, das 15h às 21h

Valor do Ingresso: Gratuito

Classificação: Livre

Exposição individual de arte contemporânea tendo como suporte a pintura com toda a produção de 2017 e parte de 2018 da artista plástica Patrizia D’Angello. Nessa exposição a artista estabelece um dialogo entre sua poética figurativa centrada num dos 3 pilares da figuração, a natureza morta e uma inédita incursão pela pintura abstrata. Com formatos variados e técnicas como óleo sobre linho, aquarela sobre papel e pastel sobre papel a artista visa proporcionar para o público uma experiência de sinestesia onde os outros sentidos são ativados pela visão.

Artista: Patrizia D’Angello

Curadoria/Texto: Daniel Lannes

Iluminação: Art & Luz/ Rogério Emerson Magalhães

Montador: Adriano Trindade

Realizacao

Patrocínio

MINÉRIO-HEMORRAGIA: 9/4 – 13/5

MINÉRIO-HEMORRAGIA: 9/4 – 13/5

Data: 09 de abril a 13 de maio de 2018

Horário: horário de abertura do teatro de exposição de quinta a segunda de 15 às 21h

Valor do Ingresso: gratuito 

Galeria Marcantônio de Villaça1 

Local de venda: gratuito 

Classificação: Livre 

Marina Fraga não se furta do fato de ser humana e mergulha nessa compreensão de forma intensa e definitiva, sua realidade humana, sua essência terrena a verdade corpórea e real de ser. Essa realidade vem da consistência tátil que conceitos científicos podem trazer. Idealizadora e realizadora da Revista CARBONO onde o arcabouço é NATUREZA CIÊNCIA ARTE. E é nessa ordem que a publicação se coloca e seu trabalho também, mergulho tão profundo na materialidade que chega-se à compreensão de sermos conjunto de elementos. Elementos eleitos e aglomerados de forma essencialmente aleatória, repetida e única.

Realizacao

Patrocínio

Febre:  18/1- 28/2

Febre: 18/1- 28/2

De 18 de janeiro a 28 de fevereiro de 2018

Quinta a segunda das 14h às 21h

Gratuito

Galeria Marcantônio de Villaça 1

Classificação: Livre

Pinturas/desenhos: Claudio Gabriel, Felipe Fernandes e Rafael Prado Texto crítico: Álvaro Seixas
Iluminação: Att & Luz/Rogério Emerson

Classificação: LivreO Espaço Cultural Sérgio Porto recebe a exposição coletiva “Febre”, apresentando obras de pintura e desenho de três artistas, dois cariocas e um porto-velhense, que começam a se destacar no circuito: Claudio Gabriel, Felipe Fernandes e Rafael Prado. Em suas obras fica evidente a relação com certos ideais românticos, simbolistas, expressionistas e surrealistas que dão tons delirantes e aflitivos ao viés figurativo, narrativo e ficcional de seus trabalhos.

Suas obras criam universos ansiosos, inquietos e incongruentes, pautados por intenso gestualismo, densa materialidade pictórica e forte colorismo. Exacerbam a densidade psicológica e existencial expressionista e se associam a determinados artistas do simbolismo do final do século XIX e virada do século XX. Essas referências são amalgamadas ao heroísmo, por vezes trágico, do Neo-Expressionismo, que explodiu nos anos 1980 em centros como Nova York e Berlim.

Neste sentido, os trabalhos de Fernandes, Gabriel e Prado são fundamentais para criar embates com as visões limitadoras acerca da ideia de arte brasileira: suas obras fogem do clichê cultural “tropicalista” para se afirmarem como obras singulares e individuais, de artistas sensíveis a um mundo que produz e reproduz imagens que fazem implodir ou dão novos sentidos a certas tradições e verdades antiquadas do pensamento humano.

 

Realizacao

Patrocínio

PROJETO FAROL:  “ALEGORIA” 

PROJETO FAROL: “ALEGORIA” 

Temporada: 23 de novembro a 18 de dezembro de 2017

Horários: quinta a segunda  das 15h às 22h

Valor: Entrada franca

Galeria Marcantônio de Villaça 1

Classificação: Livre

Capacidade: 35 pessoas

Há alguns anos, os artistas Luiz Ernesto e Bruno Miguel orientam o curso ” Questões prático- teóricas da pintura na contemporaneidade” na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Com encontros semanais, um grupo de artistas reúne-se para análise crítica de seus trabalhos em pintura. Ao longo dos últimos anos projetos de exposição do grupo foram realizados em diversos espaços culturais. Assim, estimulados pelo sucesso das exposições já realizadas , bem como pelo interesse em mostrar a produção recente destes novos artistas,  apresentamos no Espaço Sérgio Porto o Projeto Farol.

Este projeto consiste de duas exposições. A primeira, “Poesia do dia a dia” apresentará as pinturas de André Andrade, Benjamin Rothstein, Carlomagno, Elizabeth Ferrante, Henrique Kalckman e Makh Hanamakh e a segunda, “Alegoria”, apresentará pinturas de Fernando Brum, Gabriel Secchin, Geórgia Goldfarb, Mariana Leico, Nídia Albesa Rabi, Patrízia D’Angello e Vitória Marini.

Pretende-se com as duas exposições apresentar o vigor da pintura contemporânea e estimular a reflexão e o debate sobre um meio que persiste em um mundo imerso em imagens digitais.

 

Realizacao

Patrocínio

JULIA MESTRE CONVIDA AMIGOS

JULIA MESTRE CONVIDA AMIGOS

Temporada/Dias: 13 de novembro de 2017

Horário: segunda feira às 20:30h

Valor: R$ 20,00 inteira  R$ 10,00 meia

Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto – Teatro

Classificação: Livre

Capacidade: 130 lugares

 

Novo projeto da cantora e compositora carioca, Julia Mestre, idealizado para reunir talentos novos, não só da cena musical , mas também dança, poesia e pintura.O projeto visa celebrar as artes em tempos sombrios, com uma apresentação lúdica e diversa. Também, esta edição conta com uma participação maioritariamente feminina.

Julia tem uma trajetória marcada por shows na cidade. Aos 16 anos começaram  as primeiras composições e com 18 seus primeiro shows. Familiarizada com o violão desde adolescencia, sua voz firma a entrada feminina na fase moderna da MPB.  Marcadas pela transição da adolescência para a idade adulta, as suas harmonias bebem nas fontes dos clássicos da mpb e marcam a pauta de
“Quarto rosa”.

Esta nova voz promete carisma, poesia,  força e engajamento com temas atuais, transitando com naturalidade entre o samba, o pop e a mpb.

 

Realizacao

Patrocínio

SERVIÇO DE UTILIDADE PÚBLICA: 29 junho – 30 julho

SERVIÇO DE UTILIDADE PÚBLICA: 29 junho – 30 julho

De 29 de junho a 30 de julho

quarta à domingo das 14h às 20h

Gratuito

Galeria Marcantônio de Villaça 1

 

A série de ações que formam o corpo do projeto ‘Serviços de Utilidade Pública’ visa gerar um diálogo em torno dos códigos de linguagem que regem o instrumento fundamental de nossos orgãos governamentais: a Constituição Federal do Brasil. Através dela, elegemos nossos representantes, garantimos nossos direitos, e medimos nossos deveres; também é nela depositada as nossas expectativas dos parâmetros a partir dos quais uma (ou nossa?) democracia deve se pautar.

Este documento, outorgado em 1988, vem sofrendo constantes alterações o longo das últimas três décadas, as chamadas ‘emendas’; 95 ao todo. Uma vez que muitos desconhecem, tem pouca familiaridade com o seu conteúdo e com a linguagem utilizada para a construção deste texto, o objetivo desta pesquisa é dar visibilidade aos mecanismos dos códigos que permitem sua alteração.

Serviço de Utilidade Pública será apresentado no Espaço Cultural Sérgio Porto. Na abertura da instalação será realizada a leitura do conteúdo das 95 Emendas.

Artista: Rafael D’Alo

Realizacao

Patrocínio