O Animal que Ronda – Pré Estreia

O Animal que Ronda – Pré Estreia

Direção e Cenografia: Joelson Gusson

Argumento Original: Lucas Gouvêa

Dramaturgia: Leonardo Corajo com a colaboração de Joelson Gusson e Lucas Gouvêa

Atores: Catarina Saibro, Elio de Oliveira, Joice Marino, Leonardo Corajo, Lucas Gouvêa, Luciano Moreira, Luisa Friese e Maurício Lima

Luz: Paulo César Medeiros

Figurinos: Paula Stroher

Direção Musical: Luciano Moreira

Direção de Movimento: Toni Rodrigues

Assistência de Direção: César Marquez

Programação Visual: Evee Ávila

Produção Executiva: Priscilla Gouvêa

Realização: Dragão Voador Teatro Contemporâneo

Pré-estreias

Dias: 10, 11, 17 e 18 de dezembro de 2017

Horários: domingos e segundas 20:30h

Valor: R$ 40,00 inteira R$ 20,00 meia entrada

Espaço Cultural Municipal Sergio Porto  – Teatro

Classificação: 16 anos

Capacidade: 130 lugares

O Animal que Ronda expõe o Brasil de hoje, tão corrupto e violento como a Escócia do século XI, ou a Inglaterra dos tempos de Shakespeare. O contexto atemporal do Macbeth original encontra um paralelo preciso no Brasil de hoje. São momentos históricos distantes no tempo, mas próximos no que diz respeito às ações humanas.

Nesta proposição funde-se a trama shakespeariana à realidade brasileira para revelar aqueles personagens no contexto do século XXI: Macbeth torna-se Mac, gerente de uma rede de condomínios de luxo, os Condomínios Nova Escócia, que acaba de derrotar judicialmente os moradores da Favela McDonalds – para transformá-la em campo de golfe de um de seus empreendimentos imobiliários.

Realizacao

Patrocínio

FESTIVAL EM CIA DE SAMUEL BECKETT: 23-25/11

FESTIVAL EM CIA DE SAMUEL BECKETT: 23-25/11

Idealização: Hanimais Hestranhos e Projeto Beckett

Realização: PPGAC/UNIRIO, Hanimais Hestranhos e Projeto Beckett

Coordenação de produção: Tatiana Motta Lima

Produção: Bruna Trindade, Jeff Lyrio, Leonardo Samarino, Maria Clara Coelho e Renata Asato

Assistência de Produção: Carolina Caldas Nunes e Tainá Louven

Iluminação: Raphael Vianna

Colaboradores: Encontros para estar em cia de Samuel Beckett – Ana Raquel Machado, Carolina Caldas Nunes, Dwan Dantas e Isabour Estevão

Residência Artística: Projeto Entre – Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto

Apoio: CRIA – Artes e Transdisciplinaridade, Grupo de Pesquisa Artes do Movimento, G E R M I N A e Secretaria Municipal de Cultura

Valor: Gratuito

 

O momento é de desamparo, precariedade e estranheza. Isto pode ser vivido como uma espécie de derrota, mas também pode ser a percepção de uma potência outra que faz do esgotamento um lugar de criação de (im) possíveis, de novas maneiras de con-vivência, de recusa por seguir pelos mesmos e gastos caminhos já trilhados. Lugar para novas visões e audições. Para outras ações.

“Em Cia de Samuel Beckett” é um espaço para que a estranheza, a precariedade e o desamparo possam ser pensados/vividos/sonhados/afirmados como espaços de criação. Serão três dias de encontros em que se experimentará várias possibilidades de contato com a obra Beckett através de leituras de seus textos, de palestras e mesas redondas com “intervenções”, de vídeos comentados, de provocações artísticas, de exposições.

 

Dia 23 de novembro  

Das 14h30-17h30

Abertura

Mesa 1

Ângela Materno (UNIRIO)

A dimensão da escuta na escrita de Beckett

Flora Süssekind (UNIRIO/ Casa de Rui Barbosa)

Comentário sobre a correspondência de Samuel Beckett

Isabel Cavalcanti

Quando toda minha poeira baixar, restarão essas coisas que ainda valem à pena

Mediação: Marcio Freitas (UNIRIO)

 

Das 18h-20h:

Vídeos comentados

Fábio de Souza Andrade (USP)

Leonardo Samarino (UERJ)

Liliane Benetti (UFRJ)

Das 20h-22h:

Reações artísticas

Sem Título

Nara Keiserman

Profanar Beckett

Teatro Inominável – com Diogo Liberado, Flávia Naves e Laura Nielsen

Provocação: Raphael Vianna

Valor: Gratuito

ATIVIDADES PERMANENTES

– Exposição de vídeos e fotos da artista plástica Tatiana Blass, com as obras Metade da fala no chão_Piano surdo (2010), Paisagem sobre paisagem (2011) e Fim de Partida (2011).

– Pintura em tempo real a partir da audição do romance O Inominável, com a artista plástica Marina Barrocas.

– Lançamento da publicação em formato livre das peças radiofônicas Cascando e Palavras e Música, pela Bendita Gambiarra e Projeto Beckett. Traduções de Maria Clara Coelho e Tainá Louven.

Realizacao

Patrocínio

TRAN_SE COM SARA & NINA: 27-30/10

TRAN_SE COM SARA & NINA: 27-30/10

Ficha Técnica Tran_se
Dramaturgia, Direção e Direção de Arte – Daniela Amorim e Joelson Gusson
Performance – Joelson Gusson
Figurino – Paula Ströher
Iluminação – Paulo Cesar Medeiros
Direção de Movimento – Antonio Rodrigues
Visagismo – Rafael Fernandez
Trilha Sonora – Biltre
Preparação Vocal – Jorge Maia
Design Gráfico – Evee Ávila (Balão de Ensaio)
Assessoria de Imprensa: Christovam de Chevalier
Fotografias – Paula Kossatz
Produção Executiva – Igor Veloso
Direção de Produção – Aline Carrocino (Alce Produções)
Realização:Projeto_ENTRE & Dragão Voador Teatro Contemporâneo

Ficha técnica Show
Vozes: Sara Lola Bemdeu e Nina Paola Bellohombre

Direção musical, baixo, violão e voz: Pedro Barbosa
Criação: Alessandro Brandão e Gabriel Sanches

Data da apresentação: 27, 28, 29 e 30  de outubro
Horários: sexta, sábado, domingo e segundas às 21h  (Tran-se) e às 22:30h (Show)

Para.
Para tudo!

Esmeralda de Los Niños, Sara Lola Bemdeu e Nina Paola Bellohombre estão juntas em um mesmo palco, na cidade do Rio de Janeiro, Brasil!
Essas três lacrativas, com suas vozes ma-ra-vi-lho-sas, darão los aires de sus graças no ECM Sérgio Porto, nos dias 27, 28, 29 e 30 de outubro, numa edição dupla de peça e show, puro luxo, glória e poder. Quem estiver vivo neste planeta, por amor, não pode perder o espetáculo TRAN_SE, com Esmeralda de Los Niños, começando às 21h, seguido imediatamente do show Na Calçada, de Sara & Nina.

Teatro

TRAN_SE

Neste trabalho sobre gênero, Joelson Gusson e Daniela Amorim criam uma narrativa múltipla e riquíssima, reunindo histórias como a do matemático Alan Turing – inventor do computador, e um dos primeiros casos da tentativa de “cura gay” documentados -, passando pelos Solilóquios de Santo Agostinho, conversando com autores como Caio Fernando Abreu e a transmulher Jo Clifford e, ainda, com Paul Beatriz Preciado em seu Manifesto Contrassexual, entre outros. Joelson, ele mesmo, em seus múltiplos personagens, e na pele de Esmeralda de Los Ninõs, drag belíssima, sexóloga e  cantora country, se joga com o coração aberto em cena, indo do humor pleno à emoção rasgada, o que lhe valeu uma indicação de melhor ator no Prêmio Shell. Além dele, a figurinista Paula Ströher também foi indicada nos prêmios Shell e no Cesgranrio.

Show de música

NA CALÇADA, COM SARA E NINA

Sara e Nina são duas artistas que saem dos meios LGBT para falar sobre questões sociais, e que ganham potência na voz de personagens. Desvinculando-se dos guetos, trazem o debate como meio de modificar olhares e pensamentos. Sara Lola Bemdeu poderia ter saído de um filme de Almodovar, moderna e underground ela é assim docemente visceral como um bom champagne. Nina Paola Bellohombre veio do passado, com todo requinte e dramaticidade: chora, grita e também fala grosso, não tem pressa e degusta cada palavra com muita atenção e interesse, intensa e encorpada com um bom vinho. No show “Na Calçada”, elas trazem um repertório variado de grandes sucessos: um show divertido, dançante e polêmico, e vai desde sambas antigos à tropicália, até chegar em contemporâneos e músicas autorais.

 

Realizacao

Patrocínio

FIL: SOU UMA DANÇARINA ESTRELA 7-8/10

FIL: SOU UMA DANÇARINA ESTRELA 7-8/10

Ficha Técnica:

Cia. Infusion

Autoria e atuação: Florence Klein

Direção: Milton Paulo Nascimento de Oliveira

Som e luz: Isabelle Simon

Temporada/Dias: 07 de outubro (sábado)  às 16h e às 19h , 08 de outubro (domingo) às 15h

Valor: R$ 40,00 inteira R$ 20,00 meia entrada

Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto – Teatro

Classificação: + 4 anos

Capacidade: 98 lugares

* O espetáculo será falado em português

*Linguagens: Dança + teatro do objetos + poesia

* Apoio do Wallonie Bruxelles

Quem sou eu no meu corpo? – Uma graça? – Uma bailarina? Uma bailarina que dança com graça? – Uma bailarina que dança com as estrelas? – Onde está o meu coração neste corpo? – E como se dança com o coração? Sim, e como se dança com o coração? Um coração de uma estrela da dança. Um espectáculo dançante, poético e lúdico, que fala da dança e da relação com o nosso próprio corpo, através de palavras, objetos e fantasias. Imperdível!

 

Realizacao

Patrocínio

INVENTÁRIO: 7-30/10

INVENTÁRIO: 7-30/10

Ficha Técnica:

Texto, direção e atuação:  Pedro Emanuel e Oscar Saraiva

Figurino: Tiago Ribeiro

Iluminação: João Gióia

Programação Visual: Vicente Saraiva

Supervisão Geral: Camilo Pellegrini

Produção Executiva: Isabel Gomide

Temporada: 07 de outubro a 30 de outubro de 2017

Horários: sábados, domingos e segundas às 19h

Valor: R$ 20,00 inteira R$ 10,00 meia entrada

Galeria Marcantônio de Villaça 2

Classificação: 14 anos

Capacidade: 20 lugares

História de uma família brasileira, durante cinquenta anos, atravessando diversos momentos históricos do país.

 

Realizacao

Patrocínio

FIL: COMO A CHUVA 6 + 8/10

FIL: COMO A CHUVA 6 + 8/10

Ficha Técnica:

Cia. Foule Théâtre

Autoria: Philippe Léonard and Pierre Richards

Performer: Philippe Léonard

Participação especial: Milton Paulo Nascimento de Oliveira

Direção: Pierre Richards

Som: Philippe Morino

Luz: Luc Jouniaux

Temporada/Dias: 06 de outubro (sexta feira)  às 20h , 08 de outubro (domingo) às 17:30h

Valor: R$ 40,00 inteira R$ 20,00 meia entrada

Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto – Teatro

Classificação: + 8 anos

Capacidade: 98 lugares

* Linguagens: Artes visuais + teatro

* O espetáculo será falado em português e francês

* Apoio do Wallonie Bruxelles

Somos todos artistas enquanto somos crianças… A medida que vamos crescendo, guardamos na gaveta nossa criatividade para dedicar nossa energia em coisas mais sérias, de gente grande. Onde ficam aqueles sonhos inúteis que sonhamos? Quando é tarde demais para voltar a sonhá-los? COMO A CHUVA, para pequenos artistas, inventores, astronautas e bailarinos a partir de 8 anos não se esquecerem de nunca parar de sonhar!

 

Realizacao

Patrocínio